Economia

Produtores de soja têm até 22 de janeiro para cadastrar áreas de cultivos do grão

Cadastro é obrigatório, e até o momento, apenas 6% dos sojicultores realizaram o cadastro junto a Adapec

Publicados

em


Foto: Adapec/Governo do Tocantins

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) alerta os produtores rurais, que cultivam soja de sequeiro, para ficarem atentos ao prazo de cadastro das áreas produtoras que encerra no próximo dia 22 de janeiro. O prazo para cadastro teve início no dia 1º de outubro, e até o momento, apenas 6% dos sojicultores realizaram o cadastro junto ao órgão.

De acordo com o diretor de Defesa, Inspeção e Sanidade Vegetal da Adapec, Alex Sandro Arruda Farias, o cadastro das áreas plantadas é obrigatório e quem deixar de fazer sofrerá sanções previstas em lei. ?O cadastro é um instrumento que utilizamos para o controle da Ferrugem Asiática e outras pragas que acomete a soja, por isso, é fundamental que o produtor informe a área plantada para que a Adapec faça o monitoramento de pragas nestas lavouras?, informou o diretor.

Para realizar o cadastro, o sojicultor deve procurar o escritório da Adapec do município onde está a área plantada e preencher o formulário, ou se preferir, acessar o site http:/adapec.to.gov.br/ vegetal/, preencher as informações e entregar na Agência. O produtor deverá ainda emitir o DARE (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) no site www.sefaz.to.gov.br, e efetuar o pagamento para finalizar o cadastro.

Leia Também:  IPC fecha setembro com alta de 0,39% em São Paulo

Janela de plantio

Também encerra no próximo dia, 15, o prazo da janela de plantio da soja sequeiro no Tocantins para a Safra 2019/2020, que teve início no dia 1º de outubro.? A calendarização do plantio de soja coopera no controle de pragas, promovendo o retardamento da manifestação do fungo e evita o plantio sucessivo da cultura, diminuindo assim, o risco de resistência aos fungicidas disponíveis no mercado?, explica o gerente de Sanidade Vegetal da Adapec, Marley Camilo.

 

Welcton de Oliveira/Governo do Tocantins

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Economia

Liberado o terceiro lote do segundo sorteio do Nota Legal de 2019

Pagamentos somam R$ 901,5 mil. Primeiro sorteio de 2020, que seria neste mês, foi adiado

Publicados

em

Por


Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Quem foi contemplado no segundo sorteio do Nota Legal de 2019 e indicou a conta bancária para recebimento do prêmio no período de 11 de janeiro a 20 de março pode conferir o saldo nesta quarta-feira (27). O terceiro lote de pagamentos soma R$ 901,5 mil, referentes a 625 indicações.

O sorteio foi em 25 de novembro, com 842.143 inscritos no programa aptos a participar. Pelas regras, cada documento fiscal eletrônico com CPF registrado equivale a um bilhete, independentemente do valor. As notas do último sorteio foram emitidas de 1º de novembro de 2018 a 30 de abril de 2019. O maior prêmio, de R$ 500 mil, foi para uma compra de R$ 17,66 em uma padaria no Sudoeste.

O primeiro lote foi pago em fevereiro, para quem indicou os dados bancários até 10 de dezembro, e totalizou R$ 885,4 mil. O segundo pagamento ocorreu em março, para os que informaram a conta até 10 de janeiro, no valor integral de R$ 287,4 mil. Quem tiver feito a indicação da conta após 20 de março receberá quando for liberado o quarto lote (R$ 49,7 mil). O prazo para indicação da conta pelos contemplados se encerrou em 23 de maio.

Leia Também:  Tempestade de neve mata pelo menos 29 pessoas na Costa Leste dos Estados Unidos

Dos 12,6 mil bilhetes premiados, 7.312 não receberam indicação. Assim, R$ 876 mil retornarão à conta do Tesouro do Distrito Federal. É fundamental manter os dados cadastrais atualizados no site do programa, uma vez que os vencedores dos sorteios são informados por e-mail.

Sorteio de 2020 foi adiado

Os inscritos no Nota Legal têm duas oportunidades no ano de ser premiados. A primeira edição de 2020 do sorteio, que estava marcada para 27 de maio, foi adiada em razão da suspensão até julho da Loteria Federal. Os números do concurso da Caixa são utilizados no sorteio do Nota Legal. 

 

AGÊNCIA BRASÍLIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA