Economia

Governador Ronaldo Caiado inaugura nesta quarta-feira sede do programa Mais Crédito, em Goiânia

Publicados

em

O governador Ronaldo Caiado (DEM) inaugura nesta quarta-feira (14), às 14h30, a sede do programa Mais Crédito, para atendimento presencial a autônomos, micro e pequenos empresários. O local é na Avenida Anhanguera, nº 5.311, Setor Central, em Goiânia.

Nesta sede a população terá à disposição, por exemplo, segundo o governo do estado, serviços gratuitos do programa da Secretaria da Retomada, como acesso a linhas de crédito, consulta e renegociação de dívidas, consultoria financeira, auxílio para abertura de micro empreendedor individual (MEI), câmara de conciliação, além de oficinas voltadas para empreendedorismo e negócios.

A princípio, devido à pandemia da covid-19 e para, portanto, seguir os protocolos de segurança, esses atendimento serão realizados por agendamento prévio. Os telefones disponíveis da sede são: 98305-6364, 08006467512 ou será possível também agendar pelo e-mail ([email protected]).

O programa do governo de Goiás (Mais Crédito), de responsabilidade da Secretaria da Retomada, tem parceria com a Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), GoiásFomento, Sebrae, Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Goiás (Acieg) e plataforma de permutas multilaterais XporY.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Dólar fecha a R$ 5,44 e atinge menor nível em dois meses

Publicados

em

Por

Bolsa de valores encerra estável em dia de volatilidade

Embalado pelo desempenho dos mercados internacionais, o dólar caiu nesta segunda-feira (26) e fechou no menor nível em dois meses. A bolsa de valores alternou momentos de alta e de baixa e encerrou com estabilidade.

O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,449, com queda de R$ 0,05 (-0,88%). A cotação operou em queda durante toda a sessão, consolidando a tendência de baixa durante a tarde. No menor valor desde 24 de fevereiro (R$ 5,421), a divisa acumula queda de 3,2% em abril e alta de 5,01% em 2021.

O otimismo no câmbio não se refletiu no mercado de ações. O índice Ibovespa, da B3, fechou o dia aos 120.595 pontos, com alta de apenas 0,05%. O indicador chegou a subir 0,6% por volta das 10h30, mas operou em baixa durante quase toda a tarde, só se recuperando nos minutos finais de negociação.

O dólar caiu em todo o planeta, em meio à melhoria das expectativas em torno da recuperação da economia global. A moeda norte-americana recuou em sete dos últimos nove pregões. No Brasil, o anúncio pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), de que pretende destravar a tramitação das reformas tributária e administrativa foi bem recebido pelo mercado.

A bolsa de valores, no entanto, não sentiu a melhora no mercado externo e operou em baixa na maior parte do dia, mesmo com os índices norte-americanos fechando em alta. Além das tensões em torno da pandemia de covid-19, o índice Ibovespa sofreu pressão da realização de lucros, quando investidores vendem ações para embolsar ganhos recentes. O indicador aproxima-se do recorde de 125 mil pontos registrado no início de janeiro.

*Com informações da Reuters

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA