Cidades

Gustavo Mendanha recebe prêmio de prefeito mais influente de Goiás

Publicado

em

Gestor municipal atribui reconhecimento de prêmio da Contato Comunicação ao trabalho que realiza em Aparecida

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), recebeu na noite desta segunda-feira, 10, o prêmio de prefeito mais influente de Goiás, na categoria “Cidade com mais de 100 mil habitantes”. O gestor municipal foi eleito com 72% dos votos. Em sua 11ª edição, a premiação “Os Mais Influentes na Política em Goiás” é uma iniciativa da Contato Comunicação e tem como objetivo reconhecer personalidades que se destacam no cenário político estadual . A entrega do prêmio foi no Plenário da Câmara Municipal de Goiânia e contou com a presença de políticos e personalidades goianas.

Gustavo Mendanha atribui reconhecimento, pelo quarto ano consecutivo, ao trabalho que vem realizando a frente do poder executivo municipal. “Receber mais uma vez esse prêmio muito me orgulha. É sinal de que meu trabalho como prefeito da segunda maior cidade do estado tem sido positivo. E divido esse reconhecimento com todos aqueles que atuam ao meu lado e acreditam em uma Aparecida melhor. Ser lembrado e escolhido por este júri especializado, renova meu compromisso de fazer a melhor gestão que nossa cidade já teve. Realizando obras que beneficiem a população, atraindo empresas para gerar empregos, melhorar a saúde pública e a segurança”, afirmou o gestor Municipal.

O prefeito de Aparecida recebeu ainda os prêmios de Político do Ano e Político Promissor. A votação para escolha dos vencedores foi feita online no site da Contato Comunicação. Participaram da votação 26 pessoas, a maioria jornalistas, presidentes de entidades classistas e empresários. “O prêmio representa a percepção dos jurados que votaram”, afirma o diretor da Contato Comunicação, jornalista Iuri Godinho.

Nas edições anteriores, Gustavo Mendanha foi eleito duas vezes o prefeito mais influente em cidades com mais de 100 mil habitantes no Estado de Goiás, em 2018 e 2019. No ano passado, na 10ª edição, foi escolhido como político promissor.

Entre as ações que o prefeito destacou em seu discurso ao receber o prêmio na noite de ontem, estava a implantação do projeto Cidade Inteligente que é o mais moderno do país. Fazem parte do projeto o Centro de Inteligência Tecnológica, com 650 câmeras e um super servidor para armazenar os dados e as imagens, além de mais 700 km de fibra óptica em toda cidade. “Sozinha, Aparecida tem mais fibra que todo estado de Goiás. Tenho a certeza de os investimentos no Programa Cidade Inteligente será o passaporte para Aparecida continuar na vanguarda do empreendedorismo em Goiás”.

Outro ponto destacado pelo gestor foi o enfrentamento a Pandemia do novo Coronavírus. “Desde março do ano passado temos atuado firmemente para reduzir os danos deste vírus em nossa cidade. Abrimos e ampliamos os leitos para tratamento dos pacientes, hoje são 352 para Covid-19; Testamos em massa nossa população com mais se 260 mil testes RT-PCR realizados; e implantamos o isolamento social intermitente por escalonamento regional. Este modelo, que teve a adesão de quase 100% da população, tanto no ano passado quanto neste ano, foi fundamental pra preservarmos empregos e salvarmos a economia, salvando também vidas. Então, tudo isso, mais aqueles investimentos em Infraestrutura, esporte, educação, urbanismo e social, nos fazem ter esse reconhecimento aqui hoje”, pontuou o prefeito Gustavo Mendanha.

Histórico

Gustavo Mendanha foi reeleito prefeito de Aparecida de Goiânia no primeiro turno em 2020, com 197.491 mil votos, o que corresponde a 95,81% dos votos válidos, tendo uma votação histórica no estado. Entre as maiores cidades do país que possuem mais de 200 mil eleitores, o índice do emedebista desponta nacionalmente.

Mendanha foi vereador por duas vezes no município e ocupou o cargo de presidente da Câmara Municipal por dois mandatos consecutivos. Filho do ex-deputado estadual Léo Mendanha, Gustavo foi secretário Municipal de Esportes durante a administração do ex-prefeito Maguito Vilela. Eleito para seu primeiro mandato em 2016, Gustavo Mendanha venceu no primeiro turno com 60% dos votos.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Pesquisa financiada pela Fapeg identifica variante delta do coronavírus, em Goiânia

Publicados

em

A variante delta é mais infecciosa do que as outras mutações do coronavírus difundidas anteriormente

Mutação foi detectada em amostra de paciente de 18 anos. Sequenciamento de genomas é ferramenta importante no monitoramento da evolução do vírus e sua dispersão na pandemia. Estudo responsável pela descoberta foi selecionado em chamamento público realizado pelo Governo de Goiás. Governador Ronaldo Caiado destaca importância do trabalho científico para superar crise sanitária. “A ciência está acima de tudo e salvou milhões e milhões de pessoas”, afirma.

A variante delta do coronavírus (linhagem B.1.617.2), identificada pela primeira vez na Índia, foi encontrada em Goiânia. A mutação foi detectada em amostra de uma paciente de 18 anos. O fato foi comunicado, nesta sexta-feira (18/06), à Secretaria Municipal de Saúde da capital para que sejam realizadas as ações de vigilância e tomadas as providências para o rastreio de contato.

O sequenciamento genético foi realizado pela equipe da bióloga Mariana Pires de Campos Telles, professora da Pontifícia Universidade Católica (PUC Goiás) e da Universidade Federal de Goiás (UFG), que coordena uma pesquisa sobre o “Mapeamento das variações genéticas do Coronavírus (Sars-Cov-2) em Goiás”.

O estudo foi um dos selecionados em um chamamento público feito pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), com o objetivo de identificar projetos e inovação em todas as áreas do conhecimento produzidas no Estado, que pudessem contribuir para reduzir os impactos da pandemia de Covid-19. O governador Ronaldo Caiado lembrou a importância do trabalho científico para superar a crise sanitária. “Eu falo como médico, a ciência está acima de tudo, é essa ciência que salvou milhões e milhões de pessoas”, enfatizou.

A iniciativa buscou direcionar os esforços e os recursos para a viabilização de ações estratégicas. Além disso, conta também com o apoio financeiro, de recursos humanos e logístico do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Ecologia, Evolução e Conservação da Biodiversidade (INCT EECBio).

O sequenciamento genômico foi realizado em 62 amostras coletadas em Goiânia, em diferentes datas. Neste conjunto de amostras, também foi identificada a variante gamma, conhecida como P1, já encontrada em sequenciamentos anteriores.

A pesquisadora Mariana Telles explica que o sequenciamento é uma ferramenta importante no monitoramento da evolução do genoma do vírus e da sua dispersão em uma epidemia. “Essas informações são importantes para traçar a velocidade com que o vírus tem acumulado mutações ao longo do tempo e se modificado, a velocidade com que tem se espalhado, além de outras informações relevantes para as tomadas de decisão do poder público”, explica. Ela ressalta a necessidade de manter as medidas de segurança e a urgência em vacinar o maior número possível de pessoas.

A variante
A variante delta é mais infecciosa do que as outras mutações do coronavírus difundidas anteriormente. Testes de laboratório sugerem que ela se multiplique mais no organismo, e estima-se que o risco de infectar membros da própria família seja 60% maior, de acordo com uma análise divulgada pela autoridade sanitária britânica Public Health England (PHE). O que aumenta o risco para pessoas imunizadas apenas com a primeira dose da vacina.

A professora pesquisadora Dra. Mariana Pires de Campos Telles é bióloga, coordenadora do projeto de pesquisa, mestre em genética e melhoramento de plantas e doutora em ciências ambientais. Ministra diversas disciplinas na graduação e pós-graduação, entre elas, genética molecular, biotecnologia e algumas disciplinas instrumentais e técnicas, como sequenciamento de DNA e RNA, na UFG e na PUC Goiás.

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) – Governo de Goiás
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA