Tecnologia

MANDE UM $AP: Banco Central libera serviço de transferências por WhatsApp

Publicado

em

Nesta terça-feira (30/3), o Banco Central autorizou o serviço de pagamentos por meio do WhatsApp. A função de compra ainda está em análise.

A autorização foi concedida às empresas de serviços financeiros Visa e Mastercard, que são parceiros do aplicativo de mensagem, e ao Facebook, empresa dona do app.

“O BC acredita que as autorizações concedidas poderão abrir novas perspectivas de redução de custos para os usuários de serviços de pagamentos”, disse a autoridade monetária. Também em nota, “o WhatsApp disse que está fazendo os ajustes finais e espera disponibilizar a função assim que possível”.

À época do lançamento do serviço, o WhatsApp havia anunciado que pessoas físicas não seriam cobradas pelas transferências, mas empresas teriam uma taxa de 3,99% por transação.

“Vejo um casamento entre mídia social e o mundo de finanças, os controladores têm de entender como regular, enfrentar e o que significa para competição na sociedade”, afirmou nesta terça Roberto Campos Neto, presidente do BC.

Em junho do último ano, o BC havia suspendido os testes do Facebook com o serviço de transferências para verificar os riscos de segurança e competitividade da nova tecnologia. A liberação dos testes ocorreu em agosto e culminou na autorização parcial desta terça.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tecnologia

Companhia aérea lista as melhores cidades do mundo para trabalhadores remotos

Publicados

em

Os americanos não precisam ir longe para chegar ao local número um do mundo para trabalhar remotamente. Isso porque a cidade de Kansas, que fica no estado do Missouri, foi eleita a melhor para quem trabalha em home office. O achado faz parte de um levantamento divulgado este mês pela companhia aérea Icelandair.

Foram 150 cidades avaliadas na pesquisa, classificadas pela empresa de acordo com fatores como: velocidade da internet, qualidade de vida, custo de vida e assistência médica.

Cidade americana superou nomes conhecidos

Kansas City deixou para trás outros destinos internacionais renomados. Viena, por exemplo, capital da Áustria, ficou na segunda posição, enquanto Copenhague, na Dinamarca, ficou em quarto. Curiosamente, a capital neozelandesa Wellington apareceu em destaque na terceira colocação, a única de fora do continente europeu e América do Norte.

Segundo Gisli S. Brynjolfsson, diretor de marketing global da Icelandair, as pessoas estão mais interessadas em cidades menos movimentadas desde a pandemia. O que explica o motivo de Nova York e Los Angeles, por exemplo, não estarem na lista. O diretor acrescenta que estas “nem sempre são as melhores” opções quando a ideia é “dar um passo para longe da agitação de um dia de trabalho”.

Por fim, no top 10, além das quatro cidades citadas antes, ficaram: Edimburgo (Reino Unido), Victoria (Canadá), Perth (Austrália), Frankfurt (Alemanha), Brisbane (Australia) e Helsinque (Finlândia).

Vale destacar que essa modalidade de trabalho mais flexível, que ganhou muita força durante a pandemia, segue em alta. Ainda segundo o estudo da Icelandair, as pessoas se acostumaram com o trabalho remoto. Entre os entrevistados, 58% disseram que gostariam de uma posição totalmente remota no futuro, enquanto 39% defenderam um modelo de trabalho híbrido.

Via: CNBC. Icelandair

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA