Cidades

Refeição a 1 real é sucesso nos restaurantes comunitários do DF

Desde segunda-feira (30/9) o preço foi reduzido pela metade e, em média, houve aumento de 23,8%, nas vendas dos 11 restaurantes

Publicados

em


Foto: Lúcio Bernardo Jr / Agência Brasília

 

Desde segunda-feira (30), por determinação do governador Ibaneis Rocha, o prato custa R$ 1 para toda a população. Angelina compra três marmitas e o que sobra é levado para casa e vira janta.

Em Planaltina, o relógio marca 11h e já tem fila na porta. Nesta terça-feira (1), mais de 700 refeições tinham sido vendidas 48 minutos depois do restaurante ter sido aberto. Diariamente, cerca de 1,8 mil pratos e marmitas são consumidos. Na segunda-feira da semana passada (23/09), 1.934 pessoas almoçaram no local. No primeiro dia em que os preços foram reduzidos pela metade do preço, o número subiu para 2.132 ? 10% a mais.

?A gente vê rostos conhecidos, mas que deixaram de comer aqui e agora voltaram?, afirma a gerente do Restaurante Comunitário de Planaltina, Laíza Barbosa. Em 2015, a então gestão do GDF aumentou o valor da refeição de R$ 1 para R$ 3. Após perceber que o preço era inviável para pessoas de baixa renda, em junho de 2016, o governo à época instituiu que seriam R$ 2 para o público geral e R$ 1 para os inscritos no CadÚnico.

Na volta à cobrança de R$ 1 para todos os consumidores, aumentou 23,8%, em média, a procura da população nos 11 restaurantes comunitários do DF. Foram vendidas 15.492 refeições nos restaurantes populares, quase 3 mil a mais do mesmo dia da semana passada, quando 12.678 pessoas almoçaram com o preço antigo.

A população faz fila para comer uma refeição saudável e balanceada, com salada, sobremesa e um copo de suco incluídos no valor de R$ 1. O cardápio desta terça era carne bovina cozida com mandioca, farofa de cenoura e cebola, tomate e acelga, arroz branco, feijão (preto ou carioca), um tablete de doce e suco. ?A comida é muito boa. Quando a gente come na rua, a comida tem muito sal?, diz Antônia Serafim dos Santos, 36 anos.

Agência Brasília

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Agência de Regulação assina o Termo de Compromisso de Gestão do Terminal Rodoviário de Almas

Com o termo, a prefeitura tem o direito de usar, administrar e explorar, inclusive comercialmente, o terminal, devendo zelar por seu funcionamento, conservação, manutenção e limpeza

Publicados

em

Por


O presidente da Agência Tocantinense de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (ATR), Edson Cabral; e o prefeito do município de Almas, Wagner Nepomuceno, assinaram nesta segunda-feira, 29, o Termo de Compromisso de Gestão do Terminal Rodoviário de Almas.

Com o termo, a prefeitura tem o direito de usar, administrar e explorar, inclusive comercialmente, o terminal, devendo zelar por seu funcionamento, conservação, manutenção e limpeza. Já à ATR compete a regulação, o controle e a fiscalização de todos os terminais rodoviários de passageiros e do cumprimento dos termos de cessão de uso.

Na assinatura, o presidente da ATR destacou a preocupação do Governo do Tocantins em relação à situação dos terminais. O gestor pontuou que a Agência vem buscando realizar um levantamento da situação das rodoviárias em todo o Estado, para buscar com os municípios, a garantia do pleno funcionamento destes locais. ?Como agência reguladora, é nossa preocupação, principalmente nesse período de pandemia, que os terminais possam estar bem conservados, garantindo ao usuário dos serviços um ambiente saudável e seguro?, disse.

Essa também foi a preocupação expressa pelo prefeito Wagner Nepomuceno, ao enfatizar que a assinatura permite a regularização da administração do Terminal, a reforma e que a limpeza das instalações e sanitários do terminal serão providenciadas, já nos próximos meses.

Além do prefeito, estiveram presentes no ato da assinatura do Termo, o gerente de Regulação, de Transportes e Terminais Rodoviários da ATR, Carlos Alberto; e o gerente Municipal de Convênios GMC da Prefeitura de Almas, Uhallas Divino.

 

Ravena Santiago/Governo do Tocantins

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA