Cidades

SAÚDE E CIÊNCIAS: Desatualização do censo populacional em Caldas afeta distribuição de vacinas

Publicado

em

A desatualização do censo do IBGE, o último foi realizado em 2010, está afetando negativamente a vacinação contra a Covid-19. É o que informa a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Goiás (Consems GO), Veronica Savatin.

A distribuição de doses é feita com base no censo, e como a realidade dos municípios mudou – alguns perderam população e outros aumentaram – há uma desigualdade na vacinação, explicou Verônica Savatin em entrevista à Sagres nesta quinta-feira (17).

Por isso, em reunião da entidade com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta quarta-feira (17) ficou decidido a inclusão de mais um critério, além do populacional, para distribuição da vacina. “A Secretaria levará em conta o avanço da vacinação. Aqueles municípios que vacinaram menos receberão mais vacinas”, disse a presidente do Consems.

“Alguns municípios tiveram um crescimento populacional significativo, enquanto outros encolheram. Isso trouxe grandes transtornos. A proposta da Secretaria de Estado e do Conselho é que a partir das próximas remessas nós façamos um nivelamento de doses para os municípios que estão abaixo de 50% de cobertura vacinal. Para que assim todos os municípios possam estar caminhando da mesma forma. Campanha de vacinação tem um efeito coletivo, de nada adianta termos municípios com 70, 80% de cobertura enquanto outros municípios estão 20, 25%”, detalhou.

Segundo um levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde, Goiás já recebeu 3 milhões 277 mil e 10 doses de imunizantes contra a covid-19. Em contrapartida há municípios que goianos que paralisaram a vacinação contra a doença devido à falta de doses.

Em Rio Verde, que vacina pessoas com 50 anos ou mais, a aplicação da primeira dose foi paralisada e somente aqueles que perderam o atendimento nos drive-thrus estão sendo recebidas no Núcleo de Vigilância Epidemiológica do município.

A prefeitura de Caldas Novas publicou em suas redes sociais que a vacinação também está suspensa até a chegada de nova remessa do imunizante. Cerca de 17 municípios goianos estão com a vacinação paralisada. Neste cenário, Veronica Savatin frisa que esse número pode ser ainda maior.

“Nós não temos o percentual real de quantos municípios já sem vacinas para a primeira dose, mas acreditamos que esse percentual é muito maior do que 17 cidades. Porque os municípios do interior geralmente utilizam as dose que recebem no máximo em um dois dias. Nunca gera polêmica ou transtorno porque nós sempre recebemos já no início da semana a previsão da chegada de novas vacinas”, afirmou.

Nesta quinta-feira (17), o governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou em sua redes sociais a chegada de uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19 amanhã (18). Segundo o gestor, chegaram mais 72.540 vacinas da Pfizer para 1ª dose e mais 49.600 vacinas da Coronavac para 1ª e 2ª dose.  O último carregamento havia chegado na madrugada de quinta-feira (10).

“Recebemos ontem a noite a pauta da distribuição das vacinas desta semana. Amanhã nós estaremos recebendo segundas doses da vacina da Astrazeneca, primeiras doses da Pfizer e da Coronavac (…). O que gera uma certa angustia é não saber ao certo se as vacinas chegaram na semana, quando se tem uma regularidade semanal de vacinas é possível se organizar melhor”, destacou Verônica Savatin.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Cartório de Registro de Imóveis e Tabelionato de Notas Leandro Felix é o primeiro inscrito no PQTA 2021

Publicados

em

A Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), que tem à frente o tabelião Cláudio Marçal Freire, promove às 17h desta quarta (21) e quinta-feira (22), lives para tratar dos Projetos da Qualidade, Programa Cartório TOP e Prêmio de Qualidade Total Anoreg (PQTA). Todos os cartórios poderão assistir aos encontros ao vivo no canal da Anoreg/BR no YouTube.

“O objetivo das lives é abordar o Programa Cartório Top e o PQTA, para explicar como funciona cada um e destacar como é importante a participação de todas as entidades. Com certeza, são dois eventos de grande relevância, onde são esperados centenas de espectadores. O público alvo é formado por notários e registradores, prepostos, além de auditores e consultores na área de gestão da qualidade”, convida a diretora da Qualidade da Anoreg/BR, Maria Aparecida Bianchin, que conduzirá as lives.

Nesta quarta-feira (21), a live será sobre o Programa Cartório TOP e contará com a participação de Valério Brisot, coordenador de Avaliações pela ABC CERT no Programa Cartório TOP; José Marcelo Lima Filho, presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Amazonas (Anoreg/AM) – primeira Anoreg a se inscrever no Programa; e João Pedro Lamana Paiva, presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado Rio Grande do Sul (Anoreg/RS) – primeira Anoreg a conquistar o Selo Cartório TOP. Inédito, o Programa Cartório Top trata de um aplicativo para avaliação de Sistema de Gestão de SNR.

O encontro online de amanhã (quinta-feira), por sua vez, será sobre o PQTA 2021, contará com a participação de Alessandra Gaspar Costa, diretora executiva da Apcer – empresa responsável pelas auditorias do Prêmio; Maurício de Oliveira Mota, auditor líder da Apcer Brasil e coordenador do PQTA; e Leandro Felix de Sousa, oficial do Cartório de Registro de Imóveis e Tabelionato de Notas de Caldas Novas (GO), primeiro cartório inscrito no PQTA 2021. O tradicional e reconhecido Prêmio de Qualidade Total Anoreg (PQTA) visa premiar os serviços notariais e de registro de todo o País que atendam requisitos de excelência e qualidade na gestão organizacional da serventia e na prestação de serviços aos usuários.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA