Educação

Caldas Novas está entre as cidades com a melhor educação pública do Brasil

Publicado

em

Por: Andreazza Joseph

Para incentivar a educação pública de qualidade, a startup de educação Melhor Escola criou um ranking com as melhores escolas públicas do país.

Caldas Novas é conhecida mundialmente como a maior estância hidro termal do mundo, assim como também, é apontada como o 5º destino turistico do Brasil, recentemente, após uma pesquisa de opinião, duas escolas da rede estadual de ensino no municipio, aparecem entre as 10 nacionais com o melhor ensino de qualidade, foi o que apontou o ranking.

Atualmente, sabe-se que a educação brasileira se encontra em estado grave. Segundo a primeira etapa do Censo Escolar de 2021, mais de 650 mil crianças saíram da escola nos últimos três anos. Além disso, durante a pandemia, o número de crianças que não sabem ler e nem escrever cresceu 66% de acordo com análise feita pela organização Todos Pela Educação.

Dessa forma, com o intuito de incentivar uma educação pública de qualidade, o site Melhor Escola – um marketplace de educação básica do Brasil – fez uma pesquisa com milhares de pais, mães e responsáveis para saber quais as 10 melhores escolas públicas do país.

Na 8ª colocação está o Colégio Estadual De Caldas Novas – é muito bem avaliado pelos pais, alunos e funcionários da instituição, reflexo do comprometimento com um ensino de qualidade que a escola oferece. O Colegio Estadual De Caldas Novas se localiza em: Rua Victor De Ozeda Ala, SN- Centro, Caldas Novas – Goiás.

 

Já na 9ª Colocação, aparece a Escola Estadual Juscelino Kubitschek com a nota 4,6
A Escola Estadual Juscelino Kubitschek oferece toda a estrutura necessária para o conforto e desenvolvimento educacional dos seus alunos, como por exemplo: Internet, Banda Larga, Refeitório, Laboratório de Informática, Sala de Leitura, Pátio Coberto, Pátio Descoberto, Sala do Professor e Alimentação.

A Escola Estadual Juscelino Kubitschek é muito bem avaliada pelos pais, alunos e funcionários da instituição, reflexo do comprometimento com um ensino de qualidade que a escola oferece.

 

Para a pesquisa foram consideradas 79.612 instituições públicas de ensino básico cadastradas no portal. Porém, os responsáveis tiveram que avaliar as escolas que eles já tiveram contato. Assim, eles deram notas de 0,5 a 5 para os seguintes critérios: motivação dos estudantes, infraestrutura física da escola, participação da comunidade e desenvolvimento socioemocional dos alunos.

Dentre as cidades que estão no ranking têm-se: Rio de Janeiro, Salvador, Santos, Jundiaí, Cajamar, Belém e Caldas Novas. Sendo assim, o colégio Ceja Madureira, localizado na capital carioca, foi o que conquistou a primeira colocação com a nota média de 4,79.

A escola, além de ter a metodologia EJA (Educação de Jovens e Adultos), também conta com ensino fundamental e médio semipresencial. No ENEM 2019 a instituição de ensino obteve média de 510.4, maior do que a média geral do Brasil, que foi de 504,9.

O ranking completo com as 10 melhores escolas públicas do Brasil pode ser visto através do desse link a seguir: https://www.melhorescola.com.br/artigos/confira-as-melhores-escolas-publicas-do-brasil

Desde 2013, o site Melhor Escola, conecta alunos a escolas da Educação Básica de todo o Brasil. Assim, além de contar com informações de todas as escolas cadastradas no MEC (mais de 180 mil) para os pais que estão buscando por colégios, ele também oferece descontos nas mensalidades das escolas parceiras (mais de 7.000).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

EDUCAÇÃO: Inscrições para o Sisu começam nesta terça (28); veja quem pode participar

Publicados

em

Candidatos devem ter realizado a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para participar da seleção

As inscrições para o segundo processo seletivo de 2022 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam nesta terça-feira (28/6). Os candidatos deve estar atentos ao prazo, que segue até o dia 1º de julho. Veja quem pode participar e como se inscrever.

A consulta pelas vagas disponíveis foi aberta no último dia 15 deste mês. Através do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior os candidatos podem ter acesso às vagas ofertadas por modalidade de concorrência, cursos e turnos, instituições e localização dos cursos.

Para participar, os candidatos devem ter realizado a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2021. É preciso ainda ter nota superior a zero na redação e não ter participado do exame da condição de treineiro.

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 6 de julho. Posteriormente, os selecionados terão do dia 13 a 18 de julho para realizar matrícula ou registro acadêmico. O prazo para manifestar interesse na lista de espera será de 6 a 18 de julho.

A seleção dos candidatos é feita conforme as opções de cursos indicados no ato da inscrição, obedecendo a classificação da nota obtida na última edição do Enem.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC) no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção.

A inscrição ao Sisu é gratuita e feita, exclusivamente, pela internet. O acesso ao sistema é feito com as informações de login e senha, mediante conta no site gov.br.

Depois, na página de inscrição do portal, é preciso confirmar os dados e começar a inscrição. É possível escolher até duas opções de curso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA