Equatorial

Equatorial Goiás alerta sobre cuidados com a eletricidade dentro e fora de casa

Publicado

em

Distribuidora chama atenção para prevenção de acidentes domésticos e também durante atuações de profissionais próximos à rede de energia

Quando o assunto é eletricidade, todo cuidado é pouco. Muitos dos acidentes registrados pelo país podem ser evitados com o reforço de medidas de segurança dentro e fora de casa. Pensando na segurança dos seus clientes, a Equatorial Goiás tem uma cartilha com orientações sobre cuidados com a energia elétrica no dia a dia. O uso seguro da eletricidade é parte essencial da rotina de qualquer pessoa: diversão, iluminação, conservação de alimentos, conforto do ar-condicionado e do banho quente e, claro, o suporte à vida.

Existem normas de segurança que precisam ser seguidas para trabalhadores de áreas com construção civil. É importante estar atento aos cuidados com aproximação de cabos e da própria rede. Quem trabalha com serviços de podas também deve ficar atento, qualquer intervenção próxima da rede merece cuidado redobrado. A atenção precisa ser especial ainda dentro de casa, com ambientes molhados, tomadas e equipamentos eletrônicos porque um choque elétrico, pode causar graves queimaduras ou até mesmo a morte.

Equatorial lembra que o acidente elétrico é causado quando a pessoa entra em contato com corpos energizados. O resultado do contato é o choque elétrico, ou seja, a passagem da corrente elétrica pelo corpo. A companhia salienta ainda que existe mais de um tipo de acidente elétrico, entre eles, estático e dinâmico. Este último é caracterizado quando a pessoa encosta, por exemplo, em uma maçaneta ou aperta a mão de outra pessoa. Geralmente, por ter curta duração, não oferece maiores riscos. No caso do acidente chamado de “exemplo”, é quando a pessoa encosta em equipamentos ligados nas tomadas.

Para evitar este tipo de situação perigosa, a primeira orientação da concessionária é revisar as fiações em casa, comércio e indústrias, dos eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos, a fim de garantir a segurança de todos. A falta de um projeto elétrico, materiais de baixa qualidade, instalações elétricas mal dimensionadas e a contratação de profissionais não capacitados são algumas das escolhas ruins que podem ser feitas durante uma construção ou reforma.

Segundo o executivo de segurança do trabalho da Equatorial Goiás, Alex Fernandes, alguns cuidados devem ser redobrados. “Para garantir a segurança e evitar acidentes com eletricidade é preciso ter atenção e cuidado com os eletrodomésticos, cercas elétricas, antenas, tomadas sobrecarregadas, carregadores de celulares e varais energizados acidentalmente, que podem ser considerados os principais fatores causadores de curto-circuito”, afirma.

Além disso, atitudes cotidianas podem fazer de casas, comércios e indústrias lugares mais seguros e sem acidentes com eletricidade. Confira:

 

•         É indicado solicitar uma revisão das instalações internas a um profissional capacitado pelo menos a cada 5 anos;

•         Se for instalar uma antena ou realizar qualquer obra ou reforma, contrate um profissional especializado e respeite a distância segura da rede elétrica, de pelo menos 3 metros;

•         Evite sobrecarregar tomadas usando benjamins, também conhecidos como “Ts” e extensões de qualquer tipo. O ideal é contratar um eletricista para fazer a instalação elétrica de novas tomadas conforme as normas técnicas;

•          Use protetores nas tomadas que não estiverem sendo utilizadas, isto evita acidentes com crianças;

•          Para reparos elétricos, desligue a chave geral de energia ou disjuntor geral para evitar choques ou descargas elétricas. Se for trocar lâmpadas, não toque na parte metálica do bocal;

•        Nunca deixe aparelhos eletrônicos próximos de áreas molhadas;

•        Não deixe cortinas e tapetes em contato com fios e tomadas. Caso aconteça um curto-circuito eles podem pegar fogo rapidamente.

•       Nunca encoste em objetos metálicos como postes, cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;

•       Não toque em aparelhos elétricos com as mãos ou pés úmidos;

•       Nunca tente desligar ou religar energia da rede elétrica por conta própria; entre em contato com a Equatorial Goiás;

•       Evite estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados;

•       Em caso de cabo de energia caído, não se aproxime e entre em contato imediatamente com a Equatorial Goiás pelos canais de atendimento.

 

Sobre a Equatorial Goiás

Equatorial Goiás é uma empresa que pertence à holding Equatorial Energia, 3º maior grupo de distribuição de energia do País, com 7 concessionárias que atendem cerca de 13 milhões de clientes. Somente em Goiás são cerca de 3,5 milhões de clientes, localizados em 237 municípios do Estado e abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km

COMENTE ABAIXO:

Andreazza Joseph é um dos muitos potiguares talentosos que estão espalhados pelo mundo, multifacetado, possuindo formação em Direito e Jornalismo, além de atuar como produtor audiovisual na AgênciAzzA. Com sua paixão pela cultura nordestina, ele se destaca como um cordelista e multi-instrumentista. Sua habilidade em diversas áreas o torna uma figura versátil e criativa, trazendo uma perspectiva única para cada matéria que escreve."

Propaganda

Equatorial

Equatorial Goiás leva Educanto III para cinco cidades do Estado

Publicados

em

Edéia, Morrinhos, Buriti Alegre, Caldas Novas e Piracanjuba são os munícipios que receberão turnê 7 do projeto

A Equatorial Goiás e a Lume Produções Artísticas realizam durante o mês de maio a turnê 7 do Educanto III, que tem o objetivo de levar musicalização para crianças e adolescentes de escolas públicas do interior do Estado com a cantora Maria Eugênia. Desta vez, o projeto será realizado nas cidades de Edéia, Morrinhos, Buriti Alegre, Caldas Novas e Piracanjuba.

A sétima turnê tem início nesta segunda (20), finalizando o percurso na sexta-feira (24). No total, o projeto vai percorrer 45 cidades goianas até o mês de outubro, além de mais algumas escolas da capital. A iniciativa inclui o envio de material didático para as instituições de ensino com canções cuidadosamente selecionadas pela curadoria, no intuito de despertar nos participantes o interesse pela música e pelas letras. A coroação do trabalho se dá com um grande show da cantora Maria Eugênia, no qual ela interage com os alunos utilizando o mesmo repertório.

A iniciativa dá continuidade ao projeto Educanto realizados nos anos de 2022 e 2023, que contemplou 60 cidades no interior de Goiás. “Como o próprio nome sugere, trata-se de um espetáculo musical associado a um material didático contendo gravações das canções que serão apresentadas, letras das músicas e contextualização de todo o conteúdo, para que os alunos possam se situar como participantes do processo e se sintam completamente integrados com o universo das canções goianas”, comenta a cantora Maria Eugênia.

Valorização da cultura

A Equatorial Goiás é a principal patrocinadora de projetos culturais apoiados pelo Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Goyazes – do Governo de Goiás. Em um ano de atuação no Estado, a distribuidora de energia disponibilizou R$ 12 milhões para fomentar a cultura goiana, por intermédio do Projeto E+ Cultura, que patrocinou 45 iniciativas. O montante equivale a 30% dos R$ 40 milhões direcionados pelo Programa Goyazes, que contemplou quase 300 projetos artísticos-culturais em mais de 75 municípios.

Em fevereiro a companhia deu início ao primeiro ciclo de projetos patrocinados de 2024. Foram contempladas 20 propostas, que somam mais de R$ 5 milhões em patrocínios via Goyazes.

As iniciativas contempladas em 2024 são: Goiás em Palco – Cultura Itinerante; X Favera – Festival Audiovisual Vera Cruz; Escola de Break de Goiânia; Tradicionais do Picadeiro – Circo Show!; Circuito Universitário – Fernando Perillo e Banda Kalunga/ Ponce Duo Instrumental; Festival de Música para Infância e Juventude; Zabumba Beach Tour 2024 Circuito; Parceria – 30 anos; Festival de Teatro Para Infância e Juventude; Festival Música no Prato; Circo de Pau-Fincado; XIV Festival Gastronômico de Pirenópolis; 25º Encontro de Catira, Folia, Fiandeiras e Violeiros; Circus Tur – A arte em festejo em pequenos vilarejos; Festival de Música – Talentos Goianos; All Sax; Semana Santa de Goiás – 279 anos; projeto Cria.Ativa, Projeto Meu Nome é Mãe e o Educanto III.

Serviço

Turnê 7 do Educanto III

Edéia 

Data: 20/05/2024

Horário: 15h

Local: Cepi José de Faria – Avenida Getúlio Vargas, 1082, Setor Central.

Morrinhos

Data: 21/05/2024

Horário: 10h30

Local: Cepi Sylvio de Mello – Rua Piauí, 386, Centro.

Buriti Alegre

Data: 22/05/2024

Horário: 15h30

Local: Colégio Estadual Padre Nestor Maranhão Arzola – Praça Agnelo Naves, 692.

Caldas Novas

Data: 23/05/2024

Horário: 15h

Local: Cepi Delcides Ferreira de Morais – Rua 06, esquina c/ Avenida Araxá, Setor Caldas do Oeste.

Piracanjuba

Data: 24/05/2024

Horário: 9h

Local: Cepi Ruy Brasil Cavalcante – Praça Dimas Costa, Setor Central.

Sobre a Equatorial Goiás  

A Equatorial Goiás é uma empresa que pertence à holding Equatorial Energia, 3º maior grupo de distribuição de energia do País, com 7 concessionárias que atendem mais de 14 milhões de clientes. Somente em Goiás são cerca de 3,5 milhões de clientes, localizados em 237 municípios do Estado e abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km². 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA