Ação Social

Gracinha Caiado recebe prêmio por parceria com municípios na área social

Publicado

em

Primeira-dama é agraciada com honraria por liderança e parceria com municípios nas políticas de assistência social do Estado

A coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, recebeu o Prêmio Iris Rezende Machado, nesta quarta-feira (06/12), no Centro de Convenções de Goiânia, pela condução das políticas sociais no estado, principalmente durante a pandemia de Covid-19. A entrega ocorreu durante o Encontro Anual de Gestores promovido pela Federação Goiana dos Municípios (FGM), que reúne prefeitos dos municípios goianos em discussões sobre ações estratégicas para a administração pública em 2024. A primeira-dama reforçou a prioridade do Governo de Goiás em desenvolver políticas públicas integradas com todos os demais Poderes.

“Desde o primeiro momento em que Ronaldo Caiado assumiu o governo, tenho buscado trabalhar junto às prefeituras. Essa homenagem me indica que estamos no caminho certo e vamos continuar trabalhando juntos. Se o Goiás Social hoje é o maior programa social do Brasil, é porque nós fazemos juntos, esse é o segredo desse sucesso”, celebrou Gracinha Caiado. “Quando se trata de pessoas em vulnerabilidade, não se pergunta em quem votou, é preciso atender. Nosso objetivo é romper o ciclo da pobreza e fazer com que as famílias tenham independência financeira”, completou.

O presidente da FGM e prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves, explicou que a decisão pela homenagem foi unânime. “Os prefeitos decidiram agraciar a dona Gracinha pela parceria, que é feita independente do partido que o prefeito esteja filiado, com todos os 246 municípios. No período da pandemia, dona Gracinha fazia reuniões três vezes por semana com as primeiras-damas, no momento de maior dificuldade, com transparência e relação republicana, levando um programa social que é referência no Brasil”, destacou.

Ação conjunta
Durante a cerimônia de abertura, Haroldo Naves lembrou a situação de crise financeira que os municípios enfrentam por conta da queda na arrecadação e destacou a importância da parceria com o governo estadual. “Quando o governador Ronaldo Caiado assumiu, tinha dinheiro atrasado no transporte escolar, merenda e área da saúde. Pelo acordo com o governo estadual, os municípios conseguiram quitar muitas dívidas”, explicou.

Ao avaliar os desafios enfrentados pelos municípios, o vice-governador Daniel Vilela destacou a importância da atuação da primeira-dama. “A Gracinha tem capacidade de aferir com muita assertividade as dificuldades que os prefeitos e prefeitas vivem. Muitos desses programas que temos hoje, que fazem do nosso governo o mais bem avaliado do Brasil, são frutos desse trabalho”, ponderou.

“Essa é uma forma de dizermos ‘muito obrigado’ a uma pessoa que tanto trabalha pelo estado de Goiás”, finalizou Carlão da Fox, prefeito de Goianira e presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM). O Encontro também premiou outros gestores que se destacaram em áreas como gestão pública, saúde e educação. A cerimônia de abertura contou ainda com a presença do chefe de gabinete da Secretaria-Executiva da Presidência da República, Sérgio Alberto Dias, e da assessora especial do mesmo órgão, Francisca Carvalho.

Programação
Com o tema “Desafios e Perspectivas para 2024”, o Encontro Anual de Gestores é promovido pela Federação Goiana de Municípios nos dias 6 e 7 de dezembro. A programação abrange diversas áreas da administração pública e tem o objetivo de promover soluções inovadoras e eficazes para os desafios do próximo ano, além do aprimoramento da gestão pública goiana.

A edição deste ano conta com uma feira de exposições, que promove ações de intercâmbio estratégico, com fomento ao diálogo e reunião de prefeitos e prefeitas de todo o estado. Entre os parceiros do evento, estão instituições como Caixa Econômica Federal, Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Saneago e Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades (IPGC), que oferecem tecnologia e serviços voltados à administração pública.

A programação também inclui apresentações culturais, palestras e seminários com temas relevantes para a gestão pública, como a Nova Lei de Licitações, que entra em vigor no início de 2024. Além disso, serão abordadas ações estratégicas para a área da saúde, como a judicialização do atendimento, e a área da assistência social, com a temática orçamentária. Palestrantes da Caixa Econômica também abordam o Programa Minha Casa Minha Vida, com discussões sobre as próximas fases do programa e seu impacto na habitação social.

Fotos: Júnior Guimarães / Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás 

 

COMENTE ABAIXO:

Andreazza Joseph é um dos muitos potiguares talentosos que estão espalhados pelo mundo, multifacetado, possuindo formação em Direito e Jornalismo, além de atuar como produtor audiovisual na AgênciAzzA. Com sua paixão pela cultura nordestina, ele se destaca como um cordelista e multi-instrumentista. Sua habilidade em diversas áreas o torna uma figura versátil e criativa, trazendo uma perspectiva única para cada matéria que escreve."

Propaganda

Ação Social

Caiado garante R$ 14,9 milhões para assistência social dos munícipios

Publicados

em

Governador, acompanhado da coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, fez anúncio de recursos do Cofinanciamento Estadual destinados a 113 cidades goianas

Assistência social de 113 municípios goianos foi reforçada com o repasse de R$ 14,9 milhões do Cofinanciamento Estadual do Governo de Goiás. O anúncio de pagamento foi feito pelo governador Ronaldo Caiado, acompanhado da coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, nesta segunda-feira (26/02), no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia.

O dinheiro foi depositado diretamente nas contas dos Fundos Municipais de Assistência Social e poderá ser utilizado para custeio e investimentos, inclusive compra de alimentos para famílias vulneráveis. “Nossas políticas sociais têm cada vez mais humanizado e dado dignidade às pessoas, isso resgata a autoestima dos mais humildes”, destacou Caiado. O evento contou ainda com a presença do vice-governador Daniel Vilela.

O Cofinanciamento Estadual da Assistência Social é anual, calculado conforme o número de famílias constantes do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal, considerando também os serviços oferecidos e equipamentos tipificados por cidade. O valor mínimo por ano varia entre R$ 72 mil e R$ 1,2 milhão. Para receber a verba, o município precisa ter investido pelo menos 70% dos recursos repassados pelo Cofinanciamento em 2023.

“Esse recurso significa comida na mesa de quem mais precisa. É atendimento, dignidade e garantia de direitos. Fortalece o Sistema Único de Assistência Social (Suas)”, destacou Gracinha Caiado, que frisou a parceria entre Estado e prefeituras.

Caiado anuncia R$ 14,9 milhões do Cofinanciamento Estadual para 113 municípios investirem em assistência social

Caiado anuncia R$ 14,9 milhões do Cofinanciamento Estadual para 113 municípios investirem em assistência social

Mesmo previsto na Constituição Federal e em Lei Estadual de 2015, este repasse só virou realidade e significou recurso para as prefeituras como uma política de Estado a partir da gestão atual. Entre 2019 a 2023, o Governo de Goiás investiu R$ 48 milhões no fortalecimento da assistência social em todos os municípios. Para este ano, a verba repassada aos municípios nessa modalidade chegará a R$ 63 milhões.

“Este fortalecimento, por meio do Cofinanciamento, reflete no sucesso dos nossos programas sociais. Somos um caso de boas práticas na superação das desigualdades no Brasil. Por isso, temos recebido visitas técnicas de outros estados”, afirmou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Wellington Matos.

O evento reuniu gestores municipais que bateram a meta estabelecida por lei. “Quem utilizou o recurso de forma correta, atendendo as famílias mais pobres, foi habilitado e vai receber esse dinheiro que contribui muito na assistência social”, lembrou o presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM) e prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves.

O município de Ceres foi um dos contemplados. “Esse benefício, investimento do governo estadual, é de suma importância para aquelas famílias que são mais fragilizadas, que necessitam de um apoio maior do poder público”, explicou o prefeito Edmário de Castro.

A primeira-dama de Campestre, outro município beneficiado com o repasse, Fernanda Capuzzo, declarou que o recurso é fundamental para executar o serviço social com dignidade. “É uma verba que vai ao encontro das nossas crianças, adolescentes, pessoas com deficiência, àqueles que mais precisam de nós”, sublinhou.

O investimento do Estado na área social já garantiu uma redução de 27,8% dos índices de pobreza em Goiás. “Somos o segundo nesse ranking. Isso mostra o quanto estamos sendo eficientes na inclusão social e na emancipação das pessoas”, comemorou Caiado.

 

Fotos: Lucas Diener e Romulo Carvalho / Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA