Cidades

Luz Para Todos: Governo Federal anuncia R$ 2,6 bilhões em novos contratos no Pará

Publicado

em

Em Breves (PA), Ministério de Minas e Energia anunciou investimentos que vão beneficiar 70 mil unidades consumidoras em todas as regiões do estado do Pará

O Ministério de Minas e Energia anunciou, nesta quinta-feira (29/2), investimentos de R$ 2,6 bilhões do Luz Para Todos, no Pará. Foram assinados novos contratos do programa durante cerimônia no município de Breves. Serão atendidas cerca de 70 mil unidades consumidoras, incluindo regiões remotas no estado.

“Assinamos hoje, R$ 2,7 bilhões em novos contratos. Até 2025, novas 70 mil famílias terão mais luz. Todas as famílias do Pará terão energia até 2026. Estamos aqui para mostrar que o Luz para Todos voltou a iluminar a vida de brasileiras e brasileiros. É o maior programa de combate à pobreza energética do mundo, é dignidade para a nossa gente. O governo do presidente Lula leva não apenas a energia, mas a esperança e a realidade de uma vida melhor. Luz é sinônimo de vida, é segurança, é desenvolvimento e oportunidade de emprego”, destacou o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira.

Neste novo contrato do Luz Para Todos, serão atendidas 70 mil unidades consumidoras com investimento de R$ 2,6 bilhões. Em localidades remotas, serão 29.914 unidades consumidoras contempladas com kits solares e investimento de R$ 1,2 bilhão. Também serão realizadas 39.644 ligações por extensão de rede com investimento de R$ 1,5 bilhão, sendo quase 280 mil pessoas beneficiadas em 58 municípios do Pará.

O governo do presidente Lula leva não apenas a energia, mas a esperança e a realidade de uma vida melhor. Luz é sinônimo de vida, é segurança, é desenvolvimento e oportunidade de emprego”

Alexandre Silveira, ministro de Minas e Energia

Em 2023, o Pará foi o estado brasileiro que mais recebeu recursos do novo Luz para Todos, com mais de R$ 1 bilhão investido e 25 mil conexões realizadas.

O Governo Federal relançou o Programa Luz para Todos em 2023 com o objetivo de acelerar o ritmo de atendimento da população que ainda não tem acesso ao serviço de energia elétrica. Eram 500 mil famílias sem acesso à energia. A nova fase do Programa, contribuirá com os esforços para democratização do acesso e uso da energia elétrica; erradicação da extrema pobreza e para o desenvolvimento social e econômico das comunidades atendidas.

Ainda segundo o ministro, o Luz para Todos faz parte das iniciativas do Governo Federal de combate à pobreza energética e da transição energética justa e inclusiva. “E, aqui, iluminados pelo povo e pelas tradições e pelo sorriso do povo da Ilha de Marajó, em Breves, reafirmo nosso compromisso de trabalharmos juntos para tirar da escuridão a vida de milhares de brasileiras e brasileiros. Por isso, reafirmo nosso compromisso, o compromisso do presidente Lula: todas as famílias paraenses terão luz até 2026. O governo do presidente Lula está na Ilha do Marajó, e vamos continuar trazendo ações que, de verdade, melhorem a vida das pessoas”, finalizou o ministro.

Também participaram da solenidade o governador do Pará, Helder Barbalho, senadores, deputados federais e estaduais, prefeitos e moradores da região.

LUZ PARA TODOS – De 2003 até 2024 o Programa Luz para Todos já atendeu 3,7 milhões de unidades consumidoras, com 17,4 milhões de pessoas beneficiadas no meio rural e regiões remotas da Amazônia Legal. Nesse período, foram investidos R$ 24 bilhões.

Somente em 2023, 64,5 mil famílias foram beneficiadas pelo programa com investimentos de R$ 1,4 bilhão. A região Norte respondeu por 43 mil ligações, entre localidades rurais e da Amazônia Legal. Para este ano, a meta do Programa Luz Para Todos no PAC é atender 75 mil unidades consumidoras e investimentos previstos chegam à ordem de R$ 2,5 bilhões, chegando a mais de 300 mil pessoas em áreas rurais e em regiões remotas da Amazônia Legal

No estado do Pará, de 2004 até o presente momento, aproximadamente 515 mil unidades consumidoras foram atendidas pelo Luz Para Todos, beneficiando cerca de 2,4 milhões de pessoas. Deste total, 26.629 famílias foram atendidas por sistemas remotos, com investimentos de aproximadamente R$ 4,3 bilhões.

COMENTE ABAIXO:

Andreazza Joseph é um dos muitos potiguares talentosos que estão espalhados pelo mundo, multifacetado, possuindo formação em Direito e Jornalismo, além de atuar como produtor audiovisual na AgênciAzzA. Com sua paixão pela cultura nordestina, ele se destaca como um cordelista e multi-instrumentista. Sua habilidade em diversas áreas o torna uma figura versátil e criativa, trazendo uma perspectiva única para cada matéria que escreve."

Propaganda

Cidades

Caiado entrega 30 casas a custo zero em Orizona

Publicados

em

Investimento nas moradias foi de quase R$ 3,5 milhões. As famílias também vão receber escritura de graça

O governador Ronaldo Caiado entregou, nesta quarta-feira (10/04), 30 casas a custo zero do programa Para Ter Onde Morar – Construção, em Orizona, na região da Estrada de Ferro. O investimento nas moradias é de quase R$ 3,5 milhões, provenientes do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege), e não há exigência de contrapartida por parte das famílias.

“Estamos trazendo a noção de cidadania, de liberdade, independência e respeito para as famílias que agora têm moradia digna”, afirmou o governador Ronaldo Caiado. A expectativa, de acordo com o chefe do Executivo goiano, é de entregar cerca de 10 mil casas até o fim do mandato, em 2026. “São moradias construídas com qualidade, bem estruturadas, para garantir todo conforto e segurança às famílias contempladas”, destacou o secretário de Estado da Infraestrutura, Pedro Sales.

As famílias que receberam os imóveis comprovaram com documentos que estão de acordo com as exigências do programa, incluindo ter renda de até um salário mínimo e residir no município por pelo menos três anos. Além da casa própria, elas também receberam a escritura de forma gratuita.

“Só em Goiás que existe programa habitacional de casas a custo zero. Quem vai receber não tem prestação para pagar, e até o custo de cartório, nós conseguimos eliminar para entregar as moradias e conseguir realizar o sonho de tantas pessoas”, destacou o presidente da Agehab, Alexandre Baldy.

Com infraestrutura de água e energia elétrica, os imóveis estão prontos para morar. “Já estou pensando na decoração da minha casa e sei que vou ser feliz aqui dentro”, comemorou a dona de casa Elza Lima de Jesus, uma das contempladas. O sentimento de gratidão é o mesmo compartilhado pela auxiliar de serviços gerais, Edna de Melo dos Santos. “É muito emocionante poder abrir a porta da casa, entrar e falar, essa é minha”, relatou.

“Temos um governador que realmente se preocupa com aqueles que não têm moradia”, disse o prefeito de Orizona, Felipe Dias. Também presente na solenidade, o vice-governador Daniel Vilela enalteceu o trabalho que tem sido realizado pela gestão de modo a atender todos os municípios do Estado. “Caiado é parceiro dos municípios do interior e tem levado programas importantes em todas as áreas”, ressaltou.

Programa
Por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab) e Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), o Governo de Goiás já entregou 1.198 moradias a custo zero, desde 2021. “Nós adotamos uma política para aplicar o dinheiro da forma correta e hoje conseguimos entregar casas que não são mais ou menos, elas possuem estrutura digna para dar tranquilidade a quem vai morar nos imóveis”, finalizou Caiado.

Fotos: André Saddi / Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

CATEGORIAS

MAIS LIDAS DA SEMANA